7 Erros Cruciais em Currículos

Normalmente este representa primeiro contato entre candidatos e selecionadores de vaga. Errar logo na primeira impressão pode simbolizar o esquecimento dos selecionadores. Muitos candidatos altamente gabaritados não são chamando para processos seletivos justamente pela péssima formulação do formato curricular. Na verdade, candidatos precisam de pouca orientação e muita atenção, sendo simples em todos os pontos divulgados às empresas no respectivo indicador profissional.

Especialistas atestam existência de pontos que culminam em eliminação súbita do currículo. Alguns recrutadores quando percebem que existem certos erros desistem de continuar lendo o conteúdo, pois estatisticamente as demais informações podem estar erradas. Sem contar que elaborar currículo com qualidade simboliza que profissionais estão preocupados com suas carreiras e que almejam legitimamente assumir a vaga demandada.

Por outro lado, currículos bem feitos conquistam a confiança dos empregadores. Mesmo quando concorrentes não estão qualificados, selecionadores encaminham o documento para outros colegas que buscam força de trabalho semelhante.

Conheça os erros cruciais que podem existir em currículos.

1- O erro que mais acontece e elimina candidatos está no campo da gramática e ortografia, currículos com estes erros dificilmente passam da primeira triagem. No Brasil, praticamente dois CV são eliminados para cada oito encaminhados nas empresas. Todos sabem escrever, mas poucos possuem calma para revisar inúmeras vezes o conteúdo expostos.

2- Objetivos profissionais também seguem na lista do revés. Grandes estudiosos de RH indicam que deve ser colocada apenas uma área em que deseja atuar. Quando este ponto não fica evidenciado, recrutadores imaginam que trabalhadores não possuem nenhuma meta na profissão, fator extremamente negativo qualquer processo de seleção.

3- Dados pessoais inseridos de forma errada também são cruciais. As informações precisam estar totalmente atualizadas. Quando selecionadores ligam e não conquistam contato, outros candidatos serão analisados sequencialmente, onde chances explícitas podem ter acabado por erros primários.

4- Inserir número de documentação no currículo simboliza outro erro. Estas informações ficam estritas ao departamento de pessoal e não do recrutamento. Estes dados normalmente são solicitados na própria ficha de emprego.

5- O tamanho do currículo também precisa ser ressaltado. Formatos extensos carregados de prolixidade deixam de serem analisados. A questão não está ligada totalmente com menos informações, más sim à elaboração intelectual e criatividade para elaborar trabalho.

6- Duas páginas são consideradas essenciais, mais do que isso representa excesso. Profissionais em início de carreira devem sempre gerar tendência para uma folha.

7- Jamais coloque informações sobre pretensão salarial (salvo quando solicitado) ou razões sobre o desligamento das empresas. Estes aspectos normalmente são conversados pessoalmente.

Posso lhe ajudar a aumentar suas chances de arrumar seu novo emprego

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *