Frases que você nunca deveria dizer no seu primeiro dia de trabalho

O que você diz ( Frases ) assim que chega à nova empresa não influencia apenas o que seus colegas pensam de você — pode até custar a vaga.

“Se você diz algo muito nada a ver, aquilo te marca, e pode ser a razão para o funcionário não durar os três meses de experiência”, diz J.T. O\’Donnell, fundador do site especializado em carreira Careerealism, em entrevista ao Business Insider.

“É natural querer que as pessoas gostem de você — para impressionar e se adaptar rapidamente”, diz a especialista em ambiente de trabalho Michelle Kerrigan . “Entretanto, muitos se esforçam além da conta, e falam demais quando deveriam estar escutando.”

O Business Insider elencou frases que, segundo os especialistas, devem ser evitadas:

“No meu último emprego …” Ninguém gosta de um sabe-tudo. Rosalinda Oropeza Randall, especialista em etiqueta, recomenda chegar no novo trabalho com energia, mas também com um toque de humildade. “É ter uma atitude de querer aprender”, diz.

“MEU DEUS, EU AMO ISSO”. Já está contratado, não precisa ficar se esforçando excessivamente para tentar fazer com que todos gostem de você. Embora seja bom passar uma imagem agradável, Lynn Taylor, especialista em ambiente de trabalho, afirma que o ideal é impressionar naturalmente por ser você mesmo.

“Quando recebo um aumento?” “Que tal passar o período de experiência de noventa dias primeiro?”, sugere Randall.

“Aliás, eu tenho que sair mais cedo às sextas-feiras”. Segundo O\’Donnell, se você não apontou esse tipo de necessidade na hora de negociar a vaga e, de repente, sai soltando essas “bombas”, pode mostrar certa falta de respeito. “Seus colegas e seus chefes esperam que você esteja lá e esteja presente, ansioso, pronto e disposto a aprender.”

“Só um momento, tenho que terminar a papelada do RH”. Em seu primeiro dia, terá de preencher esse tipo de documento. Mas é importante que se mostre acessível ao seu novo chefe em primeiro lugar, apesar das distrações administrativas.

“Quem eu devo evitar por aqui?” Uma pergunta como esta é, basicamente, pedir aos colegas de trabalho para fofocar — o que pode matar uma carreira, segundo Randall. “Leve o tempo necessário para se reunir e conversar com cada pessoa em seu departamento”, aconselha. No fim, julgue por si mesmo.

“Mas não foi assim que eu aprendi”. O profissional tem de manter conversas positivas. Os empregadores não querem ouvir o que você não consegue fazer, querem ouvir que você tem mente aberta e está pronto para aprender a fazer do jeito que eles consideram o melhor.

“Isso não faz sentido”. Em vez de dizer que algo que não entendeu não faz sentido algum, pergunte por que a empresa realiza aquela atividade de tal maneira, a história por trás dela e tente entender o ponto de vista da companhia.

“Meu chefe anterior era péssimo”. Talvez fosse mesmo. Mas queixas e comparações negativas raramente não são bem-vindas. Pode afetar como você é percebido.

“Não, obrigado. Eu trouxe meu almoço hoje”. Deixar de lado uma oportunidade de almoçar e criar um vínculo com seus novos colegas de trabalho ou chefe não é a atitude mais recomendada, pelo menos no início. Com o tempo, as pessoas vão entender se você preferir usar o almoço para resolver questões particulares.

“Ele(a) é tão bonito(a)! Está solteiro(a)?” Não é preciso nem explicar por que é inapropriado. Ou precisa?

Fonte : EpocaNegocios

Venha divulgar seu currículo para 20 mil empresas parceiras, quer saber como?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *