O que o Perfil (Facebook) diz sobre sua capacidade profissional?

Pesquisa sugere que Perfil na rede social contém informações mais espontâneas e, portanto, dizem mais sobre os candidatos a alguma vaga de trabalho.

perfil

Um estudo publicado no Jornal de Psicologia Social Aplicada dos Estados Unidos e divulgado pelo site Read Write Web afirma que é possível julgar o desempenho de um funcionário com base no Facebook. A pesquisa sugere que a avaliação pode ser ainda mais precisa do que os testes feitos pelos departamentos de recursos humanos.

No experimento, três pessoas avaliaram os perfis de 56 estudantes universitários que já possuíam emprego. Eles passaram cerca de 10 minutos checando todas as informações publicadas, incluindo as mensagens em seus murais, fotos, comentários e páginas “curtidas”. Em seguida, eles responderam duas perguntas relacionadas às personalidades dos jovens, que são extremamente importantes para o mercado de trabalho: esta pessoa é confiável? É emocionalmente estável?

Este é um Curso Online com o objetivo de te ajudar a Conseguir um Emprego. O Curso REVELA Todos os SEGREDOS por trás dos bastidores do processo de Recrutamento e Seleção. Disponibiliza simuladores de entrevista que te ajuda a se preparar para as entrevistas de emprego, te sugerindo respostas. Além de muitas outras dicas e conteúdo para ser mais persuasivo, carismático e influente. Também te ensina sobre Teste de Lógica, Teste Psicológico e Dinâmicas de Grupo.

Os estudantes que receberam as maiores notas foram aqueles que viajam mais, têm mais amigos e mostram interesse em asssuntos diversos. Em outras palavras, as fotos de festas e curtição apresentadas no Facebook não foram vistas como algo negativo, muito pelo contrário. Os avaliadores acreditam que um usuário mais sociável na rede é uma pessoa mais extrovertida e simpática.

Donald Kluemper, professor de administração da Northern Illinois University envolvido no projeto, afirma que o experimento tentou avaliar os traços de personalidade das pessoas da mesma forma como são avaliados em testes convencionais – mas, aqui, utilizaram outra ferramenta. Ao invés de aplicar testes, os psicólogos obtiveram suas respostas por meio dos perfis na rede social e isto pode ser, muitas vezes, mais eficaz por conter informações espontâneas.

Empresas de recrutamento já têm utilizado redes sociais como uma ferramenta para buscar talentos, especialmente o Facebook. O LinkedIn é uma rede profissional onde as pessoas expõem apenas o seu melhor, enquanto que o Facebook tem uma mistura de pessoal e profissional, que pode oferecer mais informações sobre o candidato. Por conta disso, alguns usuários já têm “profissionalizado” seus perfis, personalizando suas configurações de privacidade e até trocando cartões de negócios virtuais pelo site.

Se você também quer tornar seu Facebook um espaço mais profissional, não se esqueça de manter sua personalidade. Ser cuidadoso demais nas redes sociais também pode ser algo negativo, pois o empregador estará buscando traços de quem você realmente é.

Fonte : Olhar Digital

Posso lhe ajudar a aumentar suas chances de arrumar seu novo emprego

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *