Quando o assunto é recolocação profissional…

Oportunidades

Quando o assunto é recolocação profissional existem diversas ações que podem e devem ser empreendidas em busca da almejada vaga de emprego. Sem dúvida, uma das mais eficazes maneiras de se obter uma nova vaga é através de conhecidos, ou seja, através da recomendação. Estatísticas frequentemente citadas por profissionais de recursos humanos dão conta de que cerca de 70% das contratações são oriundas de recomendações.

Para entender melhor porque esta forma de contratação ocorre com tanta frequência precisamos nos colocar no lugar do recrutador por um instante. Todo recrutador possui uma missão a cumprir: contratar um candidato de maneira a maximizar o custo benefício deste projeto, ou seja, contratar um profissional com as maiores chances de atender às expectativas de desempenho para aquela vaga.

E ao recorrer aos currículos recebidos na empresa por vias normais, sempre existe a incerteza em relação a candidatos desconhecidos. Apenas o dia a dia de trabalho pode atestar com maior segurança se o relacionamento entre a empresa e um recém contratado vai dar certo. E é neste ponto que um profissional recomendado leva vantagem. A recomendação, por vir de alguém em quem o recrutador confia, reduz as incertezas em relação àquele candidato e àquela contratação.

E como ser recomendado para oportunidades de emprego? Colocando-nos como opções para conhecidos com quem mantemos relacionamento, que possam nos recomendar em algum momento. É aqui que entra o famoso “networking”, ou seja, 1) desenvolver e 2) manter ativa uma rede de conhecidos. Nossa rede conta com amigos atuais, colegas de faculdade, ex-colegas de trabalho, amigos de amigos etc.

Esta rede pode ser desenvolvida através de cursos em que aumentamos nossa rede de contatos, participação em eventos, workshops e feiras, participação em grupos de relacionamento na internet, e através de conhecidos de conhecidos que conhecemos em eventos sociais ou profissionais. Para manter ativa nossa rede precisamos manter contato periódico com estas pessoas, em almoços, happy-hours, eventos profissionais ou sociais, e-mails, telefonemas etc.

Recentemente participei de um workshop sobre relacionamento promovido por Pierre Schurmann, da conhecida família de velejadores, na qual ele dizia que nada o surpreende e frustra mais que conhecidos que ficam anos sem procura-lo e quando estão em busca de recolocação entram em contato com ele enviando um CV anexo. As pessoas o procuram apenas quando precisam de algo?

A internet oferece atualmente uma série de ferramentas para nos ajudar a construir e manter nossa rede de relacionamentos, como Face book e LinkedIn para citar duas das mais importantes. Uma rede de conhecidos não se constrói da noite para o dia. Os relacionamentos, como uma árvore, precisam ser nutridos para que enraízem, cresçam, se fortifiquem e produzam frutos.

“Roberto Caldeira é adm. de empresas pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, com pós-graduação em Novos Negócios pela Harvard Extension School. Executivo de sucesso das áreas de marketing e vendas, em empresas nacionais e multinacionais, contabiliza em 20 anos de atividade profissional no Brasil e no exterior, mais de 5.000 entrevistas a candidatos a vagas de emprego. Autor do livro “os Segredos do Entrevistador”, com participação de Max Gehringer, com dicas sobre como se preparar para uma entrevista de emprego. ”

Venha fazer a divulgação de seu currículo para empresas parceiras!

Também faço alteração de layout de seu currículo, quer sabe mais? 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *