O poder do aperto de mão na entrevista de emprego…

boa

A mão estendida para um cumprimento pode dizer muito sobre a pessoa. Se você pensa que isso é bobagem, melhor pensar de novo.

Estudos comprovam que um bom aperto de mão pode melhorar significativamente a qualidade de uma interação, gerando um maior grau de confiança em questão de segundos.

Enquanto apertos firmes e amigáveis transmitem efeitos positivos, um aperto de mão frouxo e rápido pode causar uma má impressão no outro. Posto isso, dá para imaginar o peso dessa comunicação não verbal na entrevista de emprego, não?

E como saber se o seu cumprimento passa uma boa mensagem? Tenha em mente o seguinte:

1. Aperto de mão fraco demais é entendido como passividade, falta de comprometimento e de entusiasmo.

2. Assim como é não aconselhável deixar a mão frouxa, também não se deve usar força excessiva ao apertar a mão da outra pessoa. Você pode ser interpretado como muito dominador.

3. O ideal é um aperto de mão firme e seguro. Procure manter a mesma pressão que a outra pessoa está fazendo.

4. Quando sentado, o candidato deve se levantar antes de pegar na mão do recrutador. Isso demonstra respeito.

5. Ao estender a mão para cumprimentar alguém com a palma virada para baixo,  você demonstrará autoridade. E isso pode ser entendido como um gesto agressivo, então, é melhor evitá-lo

6. Estender a mão de longe e apertar somente os dedos demonstra que a pessoa não quer se entregar àquela comunicação.

7. Usar as duas mãos para cumprimentar aumenta o contato físico e demonstra intimidade. Então, melhor evitar um contato muito próximo durante um processo seletivo.

8. A forma mais acertada é olhar nos olhos do recrutador enquanto lhe aperta a mão e abrir um sorriso. Isso vai demonstrar simpatia e confiança. Fonte por Publieditorial

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn